17.2.14

estufa

Pode entrar, fica a vontade...!

Todas as pessoas do mundo tem um lugar favorito. O meu obvio, é meu quarto. Um lugar remendado, meio quebrado, cheio de coisa entulhada ou como diria minha mãe: Um depósito. Um depósito de tudo o que é meu, de tudo o que sou. Pedaços de mim espalhados por todos os cantos. Pedaços feios e outros levemente bonitinhos. Todos os mundos que me interessam estão aqui. O céu está aqui. As pessoas que me interessam estão aqui: nas fotos, nas cartas. Cá estão meus anseios e minhas dúvidas. Aqui é minha zona de conforto. Te juro que eu poderia passar minha vida inteira sem precisar sair daqui. No problem. Esse é o meu Kansas: talvez não tão bonito como a mágica terra de Oz, mas é meu; com minhas músicas nos cds e lps; meus filmes gastos; Corina, minha planta; Tonks, minha câmera; Amaranta, minha máquina de datilografia, Gregório, meu cachorro de pelúcia; meus quadros almodovarianos; minhas ânsias; minhas nulidades; meus post its, bottons e marcadores de página. 
Minha estufa é formada por um infinidade de coisas pequenas que no fim definem que sou.


"Pode crer tudo está no seu lugar"


cortando cabeças since...

"há tanta vida lá fora..."
"A primeira coisa que ler te ensina é como ficar sozinho"

Bússola.

Colabore para que uma pobre moça tenha sua biblioteca. Contribue, doe um livro a ela.


Corina, a planta sobrevivente de Gondor

dos amigos

"eu passarinho"

"guarde suas recordações"

"mantenha os pés no chão"

"numa moldura clara e simples..."




"eu já quis ser Frida Kahlo"

"quem não tem colírio usa óculos escuros"

Destinatários

Jaaazzzzzz!

"Leia para uma criança"

Amarante <3;

"Um dia terei uma cinemateca"

"Gregório Samsa aqui não é uma barata"

"Postits, micro-nuvens, bottons e botões"

"o mundo em cima da cama. E os visitantes frequentes"

"meninas trocaram o blush pela máquina de escrever"

A noite quando todos dormem eles cantam "Bichos da Inglaterra"

Espalhados por todos os lados

Os clássicos tão meus <3.

Os mimos de Gleice

A casa é Tua Deus
pode entrar
Mude as coisas de lugar...

4 !:

Jennifer Dias disse...

Menina, que lugar bonito! Bonito mesmo! Eu trocaria um dia de frente para o mar só para te fazer uma visita. Haha! Juro que pensei que você tivesse mais livros. Ué... rs

Me encantei com o seu cantinho!

:=*

Mima disse...

Tenho muito poucos Jennifer, acho que só 100 livros. Mas aceito de presente viu?!

Abraça, brigada pela visita.

Jennifer Dias disse...

"Aqueles livros - uns cem, no máximo - eram velhos companheiros que ela escolhia ao acaso, para lhes saborear um pedaço aqui, outro além, no decorrer da noite."

(O quinze - Rachel de Queiroz)

Ah, sim. Sinceramente, amo presentear livros.

Abracei! :)

Mima disse...

Preciso de você mais perto viu Jennifer, e pra ontem!!

Ha ha ha.

Senti o abraço

Ailma,
árvore plantada junto a ribeiros de água, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo