27.3.13

Sina da sem sono

"Eu estou feliiiiz.
Porque estou aqui
Pertinho de você titiiiiia!!"
|Livinha|




- Titia, deita aqui comigo?
- Deito sim Potinho...
- Vamo cantar: Boboletinha! Tá na cózinháaa fazendo chôcaláte para a madrinhaaaa! Pôti pôti péna de pau..! (... ) Vamo brincar. (...) Conta uma história...

Em geral sempre começa assim: músicas, carinhos, e eu sempre besta com as novidades que ela traz. Mas tenho uma missão e não posso me render: preciso fazer o alecrim dormir. Mas ela se esquiva, me enrola, finge que dorme, puxa conversa, canta mais uma música, faz dengo. Tudo para não dormir. Tudo para está mais presente. É a vida afinal passando, tanta coisa acontecendo e ela não quer perder nada enquanto dorme algumas horas. Ela que ficar eternamente acordada. Já eu só penso em dormir.
Provavelmente quando ela crescer e se tornar aquelas adolescentes chatas reclamando do namorado na internet de madrugada eu morra de saudade de meu Potinho que precisava de dengo e persuasão pra dormir. Sempre uma luta, uma novidade, uma estratégia de guerra. Até que ouço um suspiro mais profundo: Ahhh... Morfeu enfim levou minha pequena nos braços para sonhos felizes. (Ela ri e conversa enquanto dorme). Eu não canso de ficar vigiando o sono dela. É tanta paz, tanta calma num rosto só. Invejo o seu sono. O sono mais doce que ela insiste em não querer ter.

Ailma,
árvore plantada junto a ribeiros de água, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo