9.7.12

de volta para o futuro


Depois de amanhã talvez você perceba que não tem mais 19 anos e que o mundo não está a sua espera. Você vai descobrir que é tão especial quanto os outros seis bilhões de habitantes do planeta. E talvez se lamente porque esse menino fofo-inteligente- que te olha com afeto durante a aula simplesmente vai te esquecer. E por sua culpa. Depois de amanhã você vai está mais madura e mais dura e vai querer novamente o olhar desse menino, mas ele vai pro sul ter a vida que sempre mereceu e que você nunca fará parte. Depois de amanhã você vai querer voltar no tempo e responder os emails dele derramando todo esse afeto que você tem guardado. Depois de amanhã você vai querer, pedir e desejar profundamente os emails que ele te manda hoje e só terá coisas do trabalho em sua caixa de entrada. Depois de amanhã você vai sentir saudade de hoje. Depois de amanhã você vai descobrir que não é personagem da Jane Austen pra fazer mil idiotices, esnobar e ainda assim terminar com o Mr. Darcy ou com o Capitão Wentworth.  E vai sentir arrependimento. Pelo beijo não dado e o afeto não declarado. Depois de amanhã vocês serão meros e frios conhecidos.
Depois de amanhã você será apenas mais uma promessa que não aconteceu. E já vai ter lido Sartre e Foucault e continuará se refugiando na solidão.  Depois de amanhã você terá menos amigos e os seus sonhos terão mais foco. Você vai querer morar em Barcelona. Depois de amanhã você continuará andando na estrada de tijolos amarelos só que já terá descoberto que o Grande Oz é uma farsa e o jeito é continuar no caminho...

Ailma,
árvore plantada junto a ribeiros de água, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo