29.7.13

Orientação profissional

'Meu Deus! Mas tu não mudas o programa!'
Protesta a clara voz das Bem-Amadas.
'Que tédio!' o coro dos Amigos clama.
'Mas que vos dar de novo e de imprevisto?'
Digo... e retorço as pobres mãos cansadas:
'Eu sei chorar... Eu sei sofrer... Só isto!'

|Quintana, esse sabia das coisas!|




- Sabe Mima, tu não nasceu pra ser psicóloga!
- Eu sei! Sempre digo isso. Nasci pra ser historiadora, mas a vida tomou o rumo da Psicologia..
- Também não nasceu pra ser historiadora!
- Hãn, como assim? Nasci pra que  então? Marinha? Circo? Ser Paris Hilton e viver em Ibiza ao sol?
- Nada disso. Tu nasceu pra ser carpideira. E daquelas clássicas que a gente vê em Morte&Vida Severina. 
Pense numa pessoa que tem talento pra choro e lamúria..
- Ha ha ha... Fazer o que Vitor? Eu nasci pra chorar. E até que há um pouco de poesia nessa história de carpideira né?
- Poesia, prosa, literatura de cordel. Há desde João Cabral à Ascenso Ferreira menina. Tu és uma carpideira na alma.


(Essa é a parte que me cabe nesse latifúndio, é a terra que eu queria ver dividida..)




1 !:

Gizelle disse...

Nasceu p encantar,meu bem..^^

Ailma,
árvore plantada junto a ribeiros de água, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo