7.7.13

Antes do amanhecer



Você tem 20 e poucos anos e de repente, numa cidade estranha, você conhece uma pessoa super interessante. Obviamente a pessoa te atrai. Não ele não é bonito "colírio capricho"; mas você nunca se interessou mesmo por belezas padrão, seu negócio sempre foi gente normal, com algum"defeito" (um sinal, uma cicatriz no super cílio, uma barba por fazer..), e isso torna logo um charme. Ele puxou assunto com você. O jeito que ele fala tem uma cadência perfeita. E a conversa? Simplesmente flui. Vocês falam de conjuntura, bobagem, filosofias (o niilismo é bom ou não?), relações de gênero, relacionamentos, livros, filmes e talz.
Vocês conversam noite a dentro em uma cidade que é desconhecida para ambos. Descobrem a cidade juntos e você começa a perceber que poderia conviver para sempre com esse sarcasmo dele. E se sente muito a vontade para dividir com ele suas impressões sobre o mundo. E seus fracassos amorosos. 
Tá na cara que vocês se gostam e apesar de ser uma loucura sem tamanho vocês confessam o afeto mútuo. E tentam não pensar no amanhã. Se contentam em falar da sorte de terem se encontrado hoje. Mas será mesmo possível não fazer planos quando a pessoa que completa suas frases está na sua frente com esse sorrisinho afetado de canto de boca e arqueando a sobrancelha (!!!!)?
Vocês aproveitam ao máximo essa noite, mesmo sem ter noção do quanto isso vai marcar suas vidas a posteriore.  Outro dia chega, a vida continua tic tac tic tac tic tac. Cada um segue um rumo diferente com certa relutância. Muitos quilômetros de afastamento. O que importa se o primeiro amor passou não é Drummond? A vida continua.
mas continua com sérias alterações, o coração mudou. Um elo foi criado e é tão forte que talvez resista à indiferença dos anos.

Esta é a história do filme Antes do amanhecer. A história de Celine  e Jess.
mas poderia ser a sua.
ou a minha.

3 !:

MF Probst disse...

#mimimi

um dos melhores, sem dúvida. *_*

Paula Luz disse...

E agora o que faço eu com a grande vontade de assistir? haha

Mima! disse...

Assista Paula, assista!

Ailma Barros,
mais de mil perguntas sem resposta, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo