23.8.12

Pangéia.

- A guerra já chegou outra vez, mãe?
- A guerra nunca partiu, filho. As guerras são como as estações do ano: ficam suspensas, a amadurecer no ódio de gente miúda.

(Mia Couto, O último voo do flamingo, pg. 112)



Enquanto lia uma reportagem da situação de tensão constante na Faixa de Gaza, Pedro, meu sobrinho de seis anos, me perguntou o que é a guerra. Eu tentei explicar que é uma briga de um grupo de gente contra outro por alguma coisa que os dois querem. Ele me olhou e disse:
- E cadê a mãe deles pra reclamar? Quando eu e Livinha brigamos pelo mesmo brinquedo, mãe reclama  e a gente pára. Vovó também ensinou que a gente é irmão e tem que dividir as coisas. Porque ninguém ensina isso pra eles também e acaba a guerra. Eita que eles são bobos né titia?!!

Achei a coisa mais linda do mundo! Boa pergunta: Porque ninguém disse a eles que é melhor dividir??

1 !:

Andreia disse...

Pois é. Aí está uma boa pergunta. x.x

Ailma,
árvore plantada junto a ribeiros de água, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo