17.6.12

Hoje eu acordei meio Gabriela


Hoje eu acordei meio Gabriela Cruz! Coloquei música boa; fiz um coque torto, passei uma fita no cabelo e desde as oito horas estou em terapia intensiva na cozinha. A-do-ro cozinhar. Misturar cheiros, cores, sabores.. enfim. Fico crente de que sou um daqueles alquimistas fantásticos da Idade Média. Daí fiquei ouvindo Beirut e inventando saladas e pensando em novas combinações pro feijão... e tudo mais.

Maaaas o que importa é que a grande novidade desse domingo é que enfim fiz uma das famosas e bonitas ereceitas de meu programa de culinária favorito: Gabriela Caminhoneira. Resolvi fazer as batatas por serem mais práticas, rápidas e eu tinha os ingredientes (faltou o manjericão.. snif, snif!)
As batatas (vejam no blog a receita) estão espalhando um cheiro delicioso e perigoso aqui em casa. E eu estou aqui me perguntando porque não fiz gastronomia na UFPE. Com certeza eu seria mais feliz... Devaneios a parte, minhas batatas estão ma-ra-vi-lho-sas, e dei meu toque pessoal que foi uns cubinhos de quiejo coalho com pimentão e cebola picados no final. Amiga caminhoneira, ficou "legen.. that's for wait... dary". Palmirinha que se cuide, estou chegando!! E Beirut aqui cantando Sunday Smile... é as vezenquando o mundo é perfeito.

Ailma,
árvore plantada junto a ribeiros de água, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo