26.2.12

frequência.



Sempre do outro lado.
Inexistente, ausente, quase imaginário.
Do outro lado do mundo.
Do outro lado do estado.
Do outro lado . Sempre o outro.

Ailma,
árvore plantada junto a ribeiros de água, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo