12.6.17

Livrinhos



O meu quarto é um lugar que os meus sobrinhos gostam de estar. E uma das coisas que eles mais gostam de fazer é pegar os livros infantis na mala e ler. Eles fazem isso porque sempre me veem lendo e querem fazer o mesmo. Pedro com 10 anos já tem suas HQ’s e livros favoritos, Lhivia com 6 anos está aprendendo a ler e ama de paixão o livro da Mary Poppins e o livro Histórias de ninar para garotas rebeldes. Gustavo com 3 anos está na fase de leitura de imagens e adora um livrinho chamado O livro estreito  e a história dos Sete Camudongos.
Junto com eles fomos descobrindo livros que gostamos e histórias bonitas e que tratam de questões importantes.
Gleice, uma amiga de ONG vai fazer o chá de bebê da pequena Maria Flor de livros  me pediu indicações de livros. Pensei bastante e a priori queria indicar apenas livros que tratam de direitos humanos. Mas lembrei de histórias que tratam das relações humanas. Alguns das diferenças de geração e memória como o QUERIDO Guilherme Augusto Araújo Fernandes. Outros tratam da própria aceitação do seu corpo como o LINDO O cabelo de Lelê. Existem também clássicos que estão aqui com a única intenção de despertar a imaginação e reafirmar a importância da literatura fantástica, é o caso de Onde vivem os monstros. Coloquei também alguns com o único propósito de formar um senso leitor, e por isso tem livros do Mia Couto, do Saramago, do Neil Gaiman, do Graciliano.  Ah e claro, existem também biografias para crianças que são fundamentais, colocamos na nossa lista a Malala, a Frida, o Mandela, o Luther King, a Rosa Parks, a Channel. Nós (especialmente Lhivia e eu) gostamos demais da trajetória deles e esperamos que todas as crianças conheçam.



Perguntei a Pedro, Lhívia e Gustavo e lembrei de algumas histórias e separamos aqui 50 histórias infantis que nós amamos porque ou tratam de direitos humanos (feminismo, racismo, diversidade) ou aguçam a nossa curiosidade e imaginação. Eu lamentei muito porque boa parte desses livros é da extinta Cosac Naify que tinha um trabalho fabuloso com relação à qualidade dos livros infantis. Mas todos podem ser encontrados ainda. Vale a pena se não tê-los, ao menos encontra-los nas bibliotecas e espaços de leitura vida a fora.
Esperamos que vocês gostem da lista e que alguns desses livros façam parte da infância de muitas crianças.

Eis a nossa lista:

1.Histórias de ninar para garotas rebeldes (Elena Favili e Francesca Cavallo)
2. Matilda (Roald Dahl)
3. Menina bonita do laço de fita  (Ana Maria Machado)
4.Casa das estrelas  (Javier Naranjo)
5.Tanto, tanto  (Trish Cooke)
6. O cabelo de Lelê (Valéria Belem)
7. Malala. A menina que queria ir para a escola (Adriana Carranca)
8. Um outro país para Azzi (Sarah Garland)
9. Tudo bem ser diferente (Todd Parr)
10. É tudo família e outros parentes (Alexandra Maxeiner)
11. Migrar  (José Manuel Mateo)
12. O pássaro amarelo (Olga de Dios)
13. Antiprincesas – Frida Kahlo (Nádia Fink)
14. Antiprincesas – Violeta Parra (Nádia Fink)
15. Ser humano é  (Fabio Sgroi)
16. O cabelo da menina (Fernanda Takai)
17. One Love (Cedella Marley)
18. A esperança é uma menina que vende frutas  (Amrita Das)
19.A terra dos meninos pelados  (Graciliano Ramos)
20. Mandela. O africano de todas as cores (Alain Serres)
21. A árvore generona (Shel Silvestein)
22. Na noite escura (Bruno Munari)
23. Martin e Rosa (Raphaelle Frier e Zau)
24. Bichos que existem e bichos que não existem (Arthur Nestrovski)
25. Mary Poppins (P.L. Travers)
26. Felizmente o leite (Neil Gaiman)
27. Diferente como Chanel (Elizabeth Mattheus)
28. Onde vivem os monstros  (Maurice Sendak)
29. O nascimento de Celestine (Gabrielle Vincent)




30. O mundo black power de Tay’o (Kiusam de Oliveira)
31. Príncipes, princesas, sapos e lagartos (Flavio de Souza)
32. Crianças como você (Barnabas e Anabel Kindersby)
33. Exercícios de ser criança  (Manoel de Barros)
34. A grande questão  (Wolf Erlbruch)
35. As tranças de Bintou  (Sylviane Anna Diouf)
36. Começo, meio e fim (Frei Betto)
37. Minha família é colorida (Georgiana Martins)
38. Os direitos da criança (Ruth Rocha)
39. Flora (Bartolomeu Campos de Queiroz)
40. Olívia não queria ser princesa (Ian Falconer)
41. A democracia pode ser assim (Marta Pina)
42. Menina iluminada  (Neil Gaiman)
43. Minhas contas (Luís Antonio)
44. Gente pequena também tem direitos (Malô Carvalho)
45. Na cozinha nortuna (Maurice Sendak)
46. O gato e o escuro (Mia Couto)
47. Ynaí, a menina das cinco tranças (Ondjaki)
48. Ciça e a rainha (Neusa Jordem Possatti)
49. Guilherme Augusto Araújo Fernandes (Men Fox)
50. A maior flor do mundo (José Saramago)

Espero que Gleice, Pedro e Maria Flor gostem. Ah, e vocês também.

Ailma Barros,
mais de mil perguntas sem resposta, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo