8.9.13

A paixão segundo eu mesma

Uma barata surgiu detrás de minha porta.
Olhei para ela, ela olhou para mim. 
Se eu fosse uma escritora, escreveria um livro sobre a barata; 
mas como sou uma moça prática a matei e continuei a limpar meu quarto.

2 !:

Eu nunca disse adeus.. disse...

Muito bom rsrs

Hilza de Oliveira disse...

kkkkkkkkkk eu comecei a ler A paixão segundo G.H., mas eu me perdi inteira, então concluí que me falta muita leitura para chegar em Clarice. É psicológico demais! Mas ainda quero ler!
Também sou uma moça prática! rs
Até, Mima!

Ailma,
árvore plantada junto a ribeiros de água, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo