22.2.13

O papel tem mais paciência



Só sei que as pessoas deveriam trocar cartas, sentir a ansiedade de quando ira chegar aquele pacote contendo o que voce não sabe, sentir outra ansiedade para abrir e ver o que veio junto com todos aqueles selos e carimbos, sentir todo o cuidado que a pessoa que te mandou teve pra ter a paciencia de ir no correio, comprar os selos, pagar pelos selos e depois sentir sua felicidade toda quando responder essa carta, isso sim e que e sinal de carinho e afeto, com a internet as coisas ficaram muito frias e não pessoais demais, enfim. Voltem a mandar cartas, mesmo que sejam para poucas pessoas, mas voltem.


Isadora Duarte,
amiga linda de Natal, com quem troco cartas volta e meia.

3 !:

Mia Sodré disse...

Vezenquando eu troco cartas com as pessoas. Acho um gesto digno, é algo que permanecerá.
Tenho um bauzinho apenas para elas. ♥

Hilza de Oliveira disse...

Comecei a enviar cartas esse mês. Ontem mesmo enviei duas! Fico ansiosa pelas minhas e crio grandes expectativas - que, com certeza, serão superadas.
Essa frase, "o papel tem mais paciência", é da Anne Frank, né?
Adoro te ter lá no Depósito de Trechos!
Beijo!

Ana Virgínia disse...

Cheguei no seu blog e tô um tempinho lendo seus escritos. Tô gostando.

Uma coisa que gostei demais foi o layout. Diferente, básico, muito bom.

Essa vida de blogueira me fez estreitar laços com pessoas de várias partes do Brasil. Com algumas delas troco cartas e lembrancinhas.

Você disse bem sobre nossos sentimentos quando recebemos cartas.

Concordo com o que disse.

Abraço.

Ana Virgínia
filhadejose.blogspot.com

Ailma Barros,
mais de mil perguntas sem resposta, muito prazer!

 
cata nuvens © Todos os direitos reservados | Ilustração :: Monoco | voltar para o topo